• Em posts antigos, você encontrará varias histórias e ilustrações do Folclore de varias regiões do Brasil, Saci, curupira, Boitatá, negrinho do Pastoreio, e algumas lendas urbanas mais recentes, como A Perna Cabeluda...
  • peça sua caricatura de noivos para convites de casamento, convites de aniversário, caricaturas como brinde ou lembrança de festas de aniversário
  • AS Os Gifs laterais contem links especiais, ALGUMAS SAO LINKS SURPRESAS....
  • .. Se você procura por Ilustrações, caricaturas, ou caricaturista para eventos e bons preços com trabalho de qualidade. você está no lugar certo ....contrate serviço de caricatura, ou ilustração
  • todas as imagens expostas neste blog são de autoria de JAKARED, ilustrador, caricaturista e humano.
  • quinta-feira, 27 de novembro de 2008

    AMOR!





    Um divertido mas amargo panorama das muitas e diferentes visões que se pode ter deste sentimento que ocupa corações e mentes.


    Bibliotecário:
    Amor..., amor..., amor! A palavra vem do latim "amore", que significava desejar, gostar. Sua acepção mais comum é a que indica uma forte atração por pessoa de outro sexo. Apresenta uma grande variedade de comportamento e de reaçães. Também pode ser entendido como o sentimento de devoção a outro ser ou coisa. Seus sinônimos mais utilizados são zelo, carinho, entusiasmo, paixåo, carinho, simpatia e ternura. É um substantivo abstrato.

    Narrador 1:
    Em Laranjal Paulista, no dia três de abril de 1950, nasceram duas crianças: Apolo e Diana. Os dois foram criancas saudaveis e sorridentes. Por uma grande coincidencia eles aprenderam a falar no mesmo dia, e a primeira palavra que ambos disseram foi "amor".

    Narrador 2:
    Virgínia Gomes Paternostro tem treze anos e está grávida do viúvo Luís Antonio Paternostro, que por coincidência é seu próprio pai. Os dois andam muito felizes. Luís Paternostro, emotivo que é, está muito contente em ser avô. Virgínia, que adora brinquedos, está muito alegre porque vai ganhar uma boneca que anda e fala sozinha.

    Narrador 1:
    Desde de pequenos eles eram inseparáveis, tanto que fizeram a primeira comunhão no mesmo dia. Diana era a melhor aluna de português e não havia quem soubesse mais matemática que Apolo.

    Zoólogo:
    O que nós chamamos de amor, na verdade não passa de um instinto muito útil para a preservação da espécie do homo sapiens. Do mesmo jeito que a fome e a sede, o amor faz parte dos instintos biológicos básicos, que visam preservar a espécie. Este instinto, chamado amor, estimula a aproximação entre dois parceiros sexuais. Após encontrar um par que atenda a certos requisitos éticos e estéticos, inicia-se uma troca de carícias leves denominada namoro. Depois desta fase começam as carícias mais ousadas e eles copulam. Aí a fêmea é inseminada, fica grávida e nove meses depois nascem novos macaquinhos. Amor é isso.

    Narrador 1:
    Na juventude Apolo e Diana continuaram sua vida de sucessos. Ele ganhou o campeonato de futebol, o torneio de salto em distancia e ainda conseguiu ser o campeåo municipal de salto em altura. Diana foi campeå regional de saltos ornamentais, umas das mais destacadas bailarinas da cidade e tirou segundo lugar no concurso de Miss Laranjal Paulista.


    Dona de bordel:
    Eu já estou no ramo há mais de vinte anos, e é por isso eu falo com segurança, meu filho: o amor é um produto. E é um produto igual os outros: tem vários modelos, vários preços e vários formatos. O consumidor de hoje em dia tem um gosto muito variado. E com o problema sa da segmentaçåo do mercado, se você nåo se nåo diversifica o seu produto, você acaba ficando para trás. Por isso é que aqui na minha casa eu tenho moça de tudo quanto é cor de tudo quanto é tamanho. O mercado está muito competitivo, mesmo na área dos serviços essenciais. É por isso que você tem que satisfazer o seu consumidor. No meu caso, por exemplo: ele não vem aqui pra passear. Ele vem em busca do amor. E é isso que nos damos a ele; e por um preço ótimo.

    Narrador 2:
    Marineide ia casar com Deolindo e ela mesma fez seu vestido de noiva. Porém, no dia da cerimônia, Deolindo fugiu. Marineide ficou muito triste, mas como a vida continua, começou a costurar para fora. Ficou conhecida como a melhor costureira de vestidos de noiva na regiåo e ganhou bastante dinheiro. Deolindo, quando soube de seu sucesso, voltou e pediu Marineide em casamento. Marineide, orgulhosa mas apaixonada, encheu o peito e disse: aceito!. Só exigiu que o vestido fosse feito por outra costureira.

    Narrador 1:
    Apolo e Diana casaram-se em três de abril de 1970. O casamento foi o grande acontecimento da região e as filas para dar parabéns aos noivos quase chegaram à cidade vizinha.
    Durante a lua de mel aconteceu um eclipse. A Terra ficou entre o Sol e a Lua e a noite ficou ainda mais negra e romântica.

    Narrador 2:
    Quando morreu o marido de Florisbela, ela chorou muito e disse que seu amor pelo defunto era tão grande que nunca mais. Pensou até em suicidar-se para ser enterrado junto com o esposo. Porém, durante os acertos do enterro, ela conheceu Felisberto, o dono da casa funerária. Foi uma paixão fulminante. Hoje eles são muito felizes e formam um casal cheio de vida.

    Narrador 1:
    Depois das bodas, os dois trataram de trabalhar. Diana virou uma doceira fantástica, a melhor da cidade. Apolo abriu uma grande adega especializada em vinhos. Conta-se que nenhuma festa poderia ser realmente alegre se nåo tivesse os vinhos de Apolo e os doces de Diana.

    Narrador 2:
    Lucrécia não é exatamente uma mulher fiel. Já se deitou com o padeiro, o leiteiro, o açougueiro, o merceeiroo quitandeiro e até com peixeiro. Por isso sua geladeira está sempre bem abastecida. Os boatos da vizinhança já chegaram até os ouvidos de Janjão. Mas ele não se importa. Sua única preocupação é comprar uma geladeira maior.

    Padeiro português:
    Amor é fogo que arde sem se ver,
    É ferida que dói e não se sente,
    É um contentamento descontente,
    é dor que desatina sem doer.
    Camães, freguesa, Camães.

    Narrador 1:
    De tanto provar seus vinhos, Apolo pegou gosto pela bebida. A coisa mais comum era chegar em casa bêbado, depois de tropeçar muito pelas ruas de Laranjal. Por outro lado, de tanto provar seus doces, Diana começou a engordar. A pobre mulher não parava de crescer e houve quem temesse pela sua explosão.

    Narrador 2:
    Mario e Maria Sanchez são os únicos trapezistas nacionais que conseguem dar o salto triplo mortal sem rede. Esse é um número que exige total confiança entre os parceiros. Mario confiava em Maria. Pelo menos até esta manhã, quando descobriu que Maria o traía com o Palhaço. Maria, que não sabe que foi descoberta, ainda confia em Mário.
    Mas não devia.

    Biólogo:
    Durante muito tempo se pensou que o homem sentisse amor através do coração. Era uma idéia totalmente equivocada. Hoje sabemos que o responsável pelos sentimentos são as glândulas e as terminaçães nervosas. Quando uma pessoa pensa que está apaixonada, o que acontece é que suas glândulas estão produzindo uma grande quantidade de anfetamina, dopamina, norepinefrina feniletilamina, oxitocina e de trigocianina. Todas essas substâncias são produzidas no sistema límbico, uma parte muito primitiva do cérebro. Biologicamente falando, nós podemos afirmar que aquela euforia provocada pela paixão é apenas um desequilíbrio hormonal.
    Se essa sensação permanecer por muito tempo, é bom consultar um médico.

    Narrador 2:
    Dr. Aparício é ginecologista há vinte anos. Todos os dias ele atende dez pacientes. Isso significa que ele vê sessenta vaginas por semana, duzentas e quarenta por mês e duas mil, oitocentas e oitenta por ano. Por isso Dr. Aparício casou com Arlindo. Não é que exatamente um homossexual, mas está enjoado do trabalho.

    Narrador 1:
    Apolo e Diana comecaram a brigar. Diana atirava panelas, cacarolas e assadeiras em Apolo. Apolo lhe devolvia garrafas, copos e pequenos barris. ãs vezes, quando não havia nada por perto, trocavam socos e pontapés.

    Narrador 2:
    Apesar de ser uma famosa atriz pornô, Madalena é muito católica e se confessava uma vez por semana com o padre Bento. Ela, seduzida pela santidade do padre, apaixonou-se e deixou o cinema. Ele, seduzido pela beleza da moça, decidiu largar a batina. Infelizmente não deu certo. Padre Bento queria recuperar o tempo perdido. Madalena queria fazer voto de castidade.

    Narrador 1:
    No dia três de abril de 1990, Apolo e Diana foram encontrados mortos pelos vizinhos. Diana comeu um bolo com cobertura de chantilly e recheio de estricnina. Apolo bebeu vinho com arsênico. Não se tem certeza sobre a natureza do fato. Uns dizem que foi um duplo suicídio. Outros falam que foi um duplo assassinato.
    Na verdade, não faz muita diferença.


    Ficha Técnica
    Produção Zita Carvalhosa Fotografia José Roberto Eliezer Roteiro José Roberto Torero Edição Paulo Sacramento Direção de Arte Luis Fernando Pereira Trilha original Caco Faria, Lelo Nazário Direção de produção Maria Ionescu

    34 comentários:

    stella barbosa :* disse...

    ADOOOOOOOOOREEI SEU BLOG *-*
    nunca vi um blog tão bom quanto o seu :B
    fazia tempos que eu não via um assim ;x
    beeijos

    Diego disse...

    Uma coisa que só quem sente pode explicar mesmoo rsrsr

    M A T H E U S - C A S T R O disse...

    Muito shoow aki caraa

    Vc podia me dar umas diicas eiin

    faloow Boaa noitee

    Tico disse...

    da hora
    abs

    Internet Tecnologica disse...

    bom mesmo cara seu post parabens a tempos que naum leio um post nesse estilo

    Bruna disse...

    muito legal seu post....parabéns pelo blog.....

    Massa disse...

    Muito bom seu blog cara!!!!
    Ta ótimo!!!
    www.entaofudeu.blogspot.com

    O melhor blog do Brasil*
    *Segundo minha mãe!!!

    whógenor disse...

    pirei para o blog
    sensacional e uma frase sobre o amor
    "Todo malandro vira otário quando ama!"
    Sabotage

    e é isso...

    Danilo disse...

    o amor é isso mesmo, só faz sentido no momento e para aqueles que o vivem

    Horácio Leal disse...

    Cara muito bom seu BLog ,original e criativo um dos melhores e íntimos que já vi...nota 10!

    RJ disse...

    o blog é show de bola, agora as cores fortes deram um revertério na minha vista... heheh!!

    o amor visto de várias formas por varias pessoas diferentes hein?
    narradores, português e até zoologo??

    muito bom!! heheh!! parabens

    Bia Nascimento disse...

    Jaka,
    Como eu já tinha fotografado em cores, fiz dessa vez em preto e branco por pura curiosidade!!

    Volto depois para ler seu blog ( se ficar por aqui, minha chefe me mata agora hahahah)

    Abç

    Gúh! disse...

    adoerei a frase sobre o amor :D


    estilo 10 pra teu blog :D

    Airton disse...

    opaaa

    q dize q tu viu o chero do ralo tbm heheh eh mto loco nehh
    o selton mello eh mto fodaaa

    stella barbosa :* disse...

    obrigada pela retribuiçaõ e elogios, muitos beijos ;*

    Euzer Lopes disse...

    Primeira vez que vejo um relato definitivo de amor narrado em forma de jornal de rádio.
    E, confesso, foi genial.
    Muito bem sacado.

    marceloclash disse...

    Muito seu blog brother. Continuarei vindo até aqui sempre que puder. Parabéns!

    http://papodomarcelo.blogspot.com/

    Rosa Canela disse...

    Gente !!! que Blog ..TUDOOOOOO!!

    Adorei mesmo ..achei vcs nos coments de um blog amigo e resolvi conferir ...muito bom mesmo ..pelo menos 5 definições de amor eu já copiei...hehe

    beijos e ótimo finds

    Rosa

    greatdj disse...

    Muito interessante as várias concepções dada ao sentimento...
    Cada leitor terá também a sua resposta para o sentimento.

    Warui disse...

    Hahahahahhaha, genial!

    "Camães, freguesa, Camães!"

    Arthur Santana disse...

    cara vou comentar o nome do blog!!
    auheuaheuaheuaheuhauhuahuhauheua muito massa...meu pai sempre diz isso...
    é uma boa forma de pensar!

    --
    www.moolegal.wordpress.com

    Juliana Valério disse...

    eu gostei muito da forma que vc escreve,deu até pra mim entender..rsrsrs'
    vou voltar aqui mais vezes pois gostei do blog..

    comenta de volta?
    http://juliana-valerio.blogspot.com

    Thiago Damião disse...

    Bom blog o seu, interessante essa matéria
    abraço

    André disse...

    nao vou puxar teu saco. meu blog é uma merda. nao tenho o que dizer. desculpa. um verdadeiro cinema. e eu querendo ser alguem..

    Juliana Valério disse...

    Primeiramente,obrigada pela visita :)

    espero que meus planos sejam bem feitos pros 60 anos..rsrsrs'

    ta otimo teu blog!


    http://juliana.blogspot.com

    Mr. X disse...

    Nossa show, cara.

    Muito bacana seu blog.

    http://ofatorx.blogspot.com/

    :::Brecho Hot Hot::: disse...

    Que legal tudo aqui =D

    Jonatha Ferreira disse...

    Muito Foda seus posts...

    E que bom que vc publica seu domínio do blogspot corretamente.
    uahauahauahauahauha

    THALITA WALLESKA disse...

    Gostei do blog...

    eh cool

    muito criativo....

    Invade e Fim. disse...

    Boas risadas... Um beijo

    Lucíolo disse...

    acredito no relato da "Dona de bordel".
    hahahahaha
    maneiro seu blog..o melhor.
    tomei a liberdade de adicioná-lo.
    ;)

    http://alittlebipolar.blogspot.com

    Britney Spears World disse...

    aas fotos desse blog me mata :O

    Emerson Reis, M.D disse...

    Bem, o que dizer? Muito original, bem escrito, num tom assim, surreal, para dizer o mínimo. Vim por indicação de uma amiga, e vou acompanhar...

    adm elvinho disse...

    lol muito bom msm cara!
    posso colocar como Blog que eu visito la no Comunicativo Jovem

    caso quiser dar uma olhada www.comunijovem.blogspot.com

    ps: site rox de mais template perfect